Detalhe Notícia

27-10-2017
Igreja de Aveiro honra Pastor Joana pelo trabalho desenvolvido

Cerimónia presta homenagem aos 10 anos de ministério pastoral em Aveiro, 40 anos de ministério pastoral integral e 45 anos de matrimónio

 

Foi um dia de festa sim, mas mais do que isso foi um dia de homenagem. Homenagem ao homem e ao servo de Deus. Falamos de Manuel Jacinto Joana que, no passado dia 8 de Outubro, celebrou 40 anos dedicados à pregação do Evangelho e 10 como pastor presidente da Assembleia de Deus Pentecostal de Aveiro. Acresce ainda que, neste dia, assinalou-se os 45 anos de matrimónio com Alina Joana, uma companheira de vida e de luta nos caminhos de Deus.

Portanto, motivos não faltaram para fazer deste dia uma grande festa. E também não faltou quem quisesse prestar esta homenagem ao Pastor Joana. De Alverca, onde esteve ao serviço da igreja durante 25 anos, muitos foram os que estiveram presentes, manifestando a sua gratidão pelo trabalho e empenho de Manuel Jacinto Joana em prol da obra de Deus. Foi o exemplo de Gumersindo Rodrigues, que serviu em Alverca como evangelista aquando do pastorado de Manuel Joana, tendo recordado que na época em que o pastor é chamado para Alverca, viviam-se “tempos difíceis” e que “o desenvolvimento daquela região tornava urgente a ida do casal Joana até àquele lugar”.

 “Deus trouxe para Aveiro uma pérola preciosa”, disse o evangelista, acentuando que “quando o ministério é dado por Deus ele é visível dentro e fora da Igreja”.

Também João Paulo Duarte, pastor em Ovar e falando em representação dos obreiros de toda a área de Aveiro, destacou as qualidades do Pastor Joana, que, juntamente com a esposa, são exemplo de como “Deus deu à Igreja homens capacitados por Ele para preparar os santos”.

 

Momentos de família

Mas por detrás de um servo de Deus também está a família e David Joana, filho único do casal Joana, esteve presente na cerimónia de homenagem, tendo levado à tela exposta na igreja e aos corações de quem viu, momentos do Pastor Joana vividos precisamente em família. Momentos de união, choro, entrega e dedicação. “A obra que Deus lhes deu é muito valorosa e a união que existe nesta família é uma alegria”, testemunhou David Joana.

E foram os membros mais novos desta família, os netos do Pastor Joana, que foram os protagonistas de um momento de especial ternura. Pedro e Tiago levaram um ramo de flores e um quadro com duas salvas em prata ao casal. E a Ir. Alina ainda ofereceu uma rosa vermelha ao marido, numa alusão às bodas de rubi que ambos celebravam pelos 45 anos de casamento.